Categoria: Viagem

#29 Los Lunes usamos La Argentina – Día 8 y 9

Continuando a viagem pra Argentina, nós acabamos pegando uma escala pra Mendoza. Agora vem a diquinha do dia: quando comprei essas passagens, um amigo me ajudou muito. A gente tava na dúvida se ia pra Buenos Aires ou Mendoza. Mendoza é onde o namorado nasceu, ia ter casa da avó pra ficar e tal. Buenos Aires é um lugar que amo e ele nunca tinha ido, queria que ele conhecesse. E daí veio a ideia do amigo: “por que não comprar pra ir pra Mendoza mas fazendo a escala de uma semana pra Buenos Aires?” – gente, o negócio foi bom. A passagem saiu o mesmo do que ir só pra Mendoza. <3

Foi a primeira vez que fui pra lá E ia conhecer a outra parte da família do Axentino. Ele não mora na cidade, mora no interior de Mendoza, em Rivadavia, uma cidadezinha pequeeeena…beeem interior, não tanto porque tem luz e internet ahuahua.

Acabamos alugando um carro porque né, a cidade dele fica há 1 hora (andando a 120km/h) da cidade de Mendoza, e a gente queria passear na cidade grande também.

14194228_10154466575687556_1043776106_n

Rivadávia é daquelas cidadezinhas fofas que vários bairros ainda tão pavimentando, tem pracinha, não tem shopping, e chocadissima que os carros são MTOOOO antigos haha, parecia que tava parada nos anos 60. Ah, em Mendoza tem siesta, eles abrem o comércio ás 9h, fecham ás 13h e voltam a trabalhar só ás 16h30 (fecham o comercio depois entre 21h e 22h). O Axentino disse que é por causa do verão, que faz 43 graus  e fica insurpotável, já que lá é clima desértico e tal tal. Na real, não tive NENHUM problema com a siesta pois: SONECA PÓS ALMOÇO: MELHOR SONECA.

Lá o ar é bem mais limpo, o que meu nariz estranhou com tanta umidade, HAHA. Dá pra ver a lua de dia, todas as estrelas de noite, o pôr-do-sol é lindo, hahah, cresci em SP, tiro foto de pôr-do-sol, gente. O que esperar?

14159815_10154466575652556_1349210205_n

14137673_10154466575732556_449662905_n

O bom de ter ido pra MDZ é ter ficado na casa da avó dele = não ter gasto e ainda ser mimado com comidinha de vovó. hahah. Outra coisa que eu tava com medo: a lingua. sei que o espanhol pode ser parecido com o português, mas EU-NÃO-ENTENDI-NADA nessa primeira noite. A família inteira tava esperando quando a gente chegou (avó, os tios e 4 primos irmãos!) e ficou aquela faladeira em espanhol e eu me sentindo que nem aquele episódio do Friends que o Joey ri junto mas não entende nada.

Agora uma das coisas mais lindas dessa cidade: As montanhas salpicadas de neve <3 Nós fomos numa época que normalmente não neva nas montanhas, mas esse ano parece que esfriou muito cedo e nevou totalmente fora de época, tanto que as vias ficaram fechadas por 15 dias e os caminhoneiros que fazem o caminho Argentina – Chile ficaram presos na Argentina. Triste pra eles, porque perde dinheiro, tempo, etc. Agora sendo um pouco egoísta, no dia seguinte, o namorado falou: “vou te levar ali na rua da minha tia pra ver a vista”. E chegamos lá e era assim:

14169505_10154466575597556_769497968_n

Eu disse a ele que foi o lugar mais lindo que já me levaram, haha, ás vezes sou romântica, me deixa. Por toda MDZ os caminhos são de arcos de árvores, como a gente tava no outono, as folhas estavam secas, porém continuam poéticas.

14137785_10154466575817556_567177564_n

14194460_10154466604347556_371861157_n

O primo dele levou a gente pra comer LOMITO. O famoso lomito que o namorado me fala desde o começo do nosso namoro. Um sanduiche gigantesco com tudo que tem direito dentro, HAHAH. Comi muito desse sanduiche lá, a ponto de olhar pra cara dele e não querer mais HAHAH, mas hoje sinto saudades. Já sentiu saudades de algo que você comeu e amou? Eu sinto.

14137696_10154466576012556_1245454181_n

 

13882645_759812059758_5715723917059835052_n

 

Share Button

#22 Los Lunes usamos La Argentina – día 6 y 7

Geeeente, falta 1 semana e meia pra acabar o BEDA! :O Nem acredito que até agora consegui escrever todos os dias, pensei em desistir várias vezes, confesso. Mas o orgulho diz mais alto, preciso terminar essa bagaça!!! hahaha.

Chegamos nos dois últimos dias de Buenos Aires.
Se você é turista e vai pela primeira vez pra lá, aos domingos we wear pink tem que ir conhecer a feirinha de San Telmo. São quilômetros e quilômetros de feirinhas cheia de antiguidades, tranqueirinhas e faz favor de não esquecer de olhar as lojas também! Tem muuiiiitas lojas de antiguidades também e lojas de arte, galerias com posters antigos, de filmes, bandas…

O bom é chegar assim que as barraquinhas são montadas porque fica mais tranquilo de andar, e até Mafaldinha você pode evitar a fila, porque né, pregs.

bsas_1

De noite fomos conhecer o Floreria Atlântico, eu li em tantos tantos lugares sobre ele, que fiquei curiosissima pra ir. É uma floricultura no andar de cima (como diria Hebe: Graaciiiinha) e daí vc abre a porta e fica “KD BAR”, o cara aponta uma porta que parece aquelas de refrigerador, sabe? E você fica: “qué” (q em espanhol) e quando vc abre VRAUUUU tem uma escada e um bar LINDO embaixo. Esse bar foi considerado um dos 50 melhores do mundo. A especialidade são os drinks, mas tudo é suuuper bem pensado e detalhado, sabe? O Axentino pediu um drink que dizia ser refrescante e o cara trouxe um MINI VENTILADOR JUNTO COM O DRINK AHAHAHA pufavô, que amor! E meu drink veio num COPO-DE-PEIXE-QUERIA-TER-PÊGO! O cardápio de comida é bem enxuto (e caro), tanto que comemos uma porçãozinha de rã (sim!) e depois fomos pro Mc Donalds HAHAH.

bsas_2

 

Alá o ventilador (conversão de video pra gif: melhor coisa haha)

ezgif-2577069326

No última dia da cidade decidimos ir pra Tigre porque dias antes de viajar um amigo falou super bem do lugar. É rapidinho, pega um trem em Retiro e em 40 minutos chega, mais rápido do que pegar o carro em SP pra ir trabalhar, haha. Bem, eu diria que foi um grande erro ter ido numa segunda-feira porque os museus (Naval e de Arte) estavam fechados. Fiquei tão chateada que falei pro namorado que a gente tinha que se embebedar de vinho no almoço haha (não foi uma coisa muiiiito boa ter feito isso porque a gente ficou sonolento e com corpo super mole e tava mega longe da estação voltando a pé HAHA, e tentando não capotar na volta do trem). Mas recomendo muito ir (em qualquer outro dia haha), a cidade é toda fofa e também tem um parque de diversões pra quem curte.

bsas_3

Na terça-feira de manhã nos despedimos de Buenos Aires, mais apaixonada e triste de ter que ir embora, porém feliz, porque estávamos indo pra Mendoza, cidade do namorado :D (muitas fotos de neve no proximo post hahah)

 

13882645_759812059758_5715723917059835052_n

Share Button

#15 Los Lunes usamos La Argentina – día 5

Segundas, dia de post diarinho da Argentina! :D

Antes de viajar pra Buenos Aires, eu pesquisei muiiiitos lugares que foram recomendados e tal tal,e teve um lugar que vi vários brasileiros falando bem (talvez esse foi o erro, haha). Era um lugar MTO fuckin foda de café da manhã, fica em Belgrano, o Las Violetas. O café da manhã, é absurdo de grande, é um master blaster mega ultra combo com um trilhão de coisas, basicamente era isso:

IMG_1856

Esse combo chega a ser ridículo de tão grande, ainda mais porque a gente tava em duas pessoas, HAHA. Mas gente, me decepcionei. O sanduiche de miga, não tem como errar: queijo, presunto, ok. As torradas também. Mas os doces…amigos, os doces. Eles chegaram tristes, olha a cara, só choro. Hahaha, sabe bolo que sobrou e ficou uns dias? Esse era o gosto, gostinho de geladeira. Muito triste. Talvez é uma coisa meio monumental pra foto, mas não pra comer, haha. O lugar seja famoso por outras coisas melhores também, então, FUJA! Fuja desse combo!

Tirando essa parte desastrosa do dia, acabamos indo conhecer o MAMBA, museu de Arte Moderna deles. CARA. CARAS. É muito cuidado, sabe? É muito apaixonante o lugar, tudo foi pensado, as escadarias, a pintura da porta, a tipografia na apresentação de cada exposição… puta que pariu, eu fiquei apaixonada.

mamba

Depois disso, a gente também foi conhecer o Patio Del Liceo, uma galeria muito fofa cheia de lojas gracinhas!  E tem uma loja dedicada apenas ao Liniers, claro que queria tudo, porém no hay plata. hahaha.

pateoliceo

Ah, agora vem a parte feliz. Lembram da história do planetário? Bom, quem chegou agora, eu queria que queria conhecer o planetário de Buenos Aires, tanto de noite quanto de dia, porque queria as luzinhas acesas. O lugar é meio longe do metrô (1,5kms andando num frio de 12 graus com sensação de vento cortando a alma) e na primeira vez que fomos, ficamos 3 horas esperando a luz que nunca se acendeu, na segunda fomos e novamente frustrados com aquilo desligado, e no 3o dia que a gente foi, estávamos mais espertos porque perguntamos pro cara que trabalhava lá quando ligava (geralmente nos finais de semana, porque tem evento) HAHAH, e lá estava ele…ACESO!! Lindo, brilhando e parecendo um disco voador <3 Ai mds, me abraçaaaaaaaaaaaa!!!!! Coisa marlinda, te quiero mucho hAHAHAHA, carai, era mais lindo que a nave da Xuxa antes de pegar fogo! Caiu uma lágrima. Valeu todas as caminhadas eternas. <3

Dia 05: planetário ??

Um vídeo publicado por Carol Chang (@carolchang1) em

 

13882645_759812059758_5715723917059835052_n

 

Share Button

#8 Los Lunes usamos La Argentina – días 3 y 4

Segunda-feira é dia de que? Isso mesmo, lembrar que não tô mais de férias e muito menos mais na Argentina. Continuando nossa viagem (pode ler o primeiro e segundo dia se quiser), no terceiro dia a gente tirou só pra ir pra Palermo, porque o dia tava feio pra porra, frio do caralho e chuvinha chata. E a gente não quis gastar la plata com guarda-chuva, pois pffffff, não.

Palermo é O bairro do momento, é muito gracinha e ceis sabem que acho essa cidade inteira charmosa, mas Palermo tem aquele QUÊ tré joulie HAHAH. Se você quer ficar perto dos bares, restaurantes e lojas do momento, é lá. Ah, e tem wifi na rua!!111 Melhor rua! No fim, a gente acabou ficando ali mesmo quase o dia inteiro, vale a pena!

bsas_dia_03

No quarto dia, a gente pegou pra ser mais cliché que o filme Escrito nas Estrelas, hahaha. Nós fomos pra Boca ver o museu do futebol e o estádio. Na cidade inteira basicamente existe um ônibus que vai pra lá, então é bem tranquilo. A única coisa que não gostei do bairro é que tava literalmente todo cagado, tinha cocô de cachorro por toda calçada, me sentia no jogo do Mr. Jump pulando todos os obstáculos.

O museu do futebol é beeem bonito, todo tecnológico e tal, mas pra mim foi meio ¯\_(?)_/¯ (não ta lendo essa cara no blog, mas ceis entenderam) porque não sou a melhor pessoa de falar sobre esse assunto (apesar de que: eu sei mais ou menos o que é um impedimento, tenho orgulho disso, sim! HAHAHA). E o estádio também, vazio pra tirar foto, ahhh que legal, me diverti mais assistindo o jogo do Juventus no estádio deles hahaha. Confesso que queria ter assistido um jogo, porque a vibe é mto legal, mas chegamos bem no campeonato entre a America do Sul (AHHAHA amo que não sei os nomes??), então não deu pra ver nada. Depois do Boca tem que fazer aquela paradinha turística no El Caminito ver as casinhas coloridas.

Agora a historinha do quarto dia: Nós descobrimos um bairro chino que fica em Belgrano. Apesar de ter só umas 3 quadras ahahaha, ele é todo bonitinho, tem uma entrada magistral com dragões, restaurantes e mercadinhos. Tinha visto que tinha um restaurante tailandês na cidade e acabamos indo pra lá pois: sdds comida tailandesa apesar de ter comido UMA vez na vida, eu sentia aquela saudadezinha. O cardápio tinha toda uma ilustração de pratos que eram ou não apimentados e eu e o Axentino decidimos pedir o curry porque curry é amor verdadeiro. O garçom ainda nos avisou: “amigos, esse prato é apimentado.” – “Tudo bem moço, a gente ama pimenta” – e ele nos avisou novamente que “MAS AMIGOS, é um dos pratos MAIS apimentados da casa”- “ta ok moço, sou chinesa e ele é argentino.” e ele fez o que? Isso mesmo:

Quando ele entregou os pratos, ele entregou rindo e falou: “o chef falou que se vocês quiserem, ele pode apimentar um pouco mais”. Eu já comi muita comida apimentada na minha vida. O que seria esse curry, não é mesmo? Bem, vamos dizer que me fudi.

A primeira garfada foi: “uh, é apimentado”. Da quinta em diante me senti como o Ben Affleck naquele filme “Quero ficar com Polly”.

Foi a comida mais apimentada que já comida NA-VIDA. E posso dizer, fui derrotada pela comida. O namorado, orgulhoso e competitivo que é, comeu INTEIRO porque não queria o garçom vendo ele como um perdedor. AHHAHAHAHA. Apesar de tudo, nas primeiras garfadas em que senti a comida, ela estava ótima, então recomendo ir pra comer os outros pratos, haha.

bsas_dia_04

 

13882645_759812059758_5715723917059835052_n

Share Button

BEDA 01: Los Lunes usamos la Argentina

Olha que legal: Nicas queria fazer o BEDA esse mês e perguntou pras miga quem queria. Resultado, rolou um grupinho das miga blogueira, dando força, ideias de pauta…e graças a Nicas (aff que anja da blogosfera HAHA), tem um calendário (!) pra você se organizar, pq afinal, esse é o nome do grupo. Quem quiser, cola lá, vamos tomar um …nada, cada um toma na sua casa mesmo, então vamos só tecer, fofocar, etc. :)

Então, como falhei miseravelmente no do ano passado (exagero, escrevi 17 posts, palmas)…decidi que esse ano vou tentar chegar no 31, tomando exemplo de Anna Vitória, que vitoriosamente (gente, to a rainha da piada RISOS) conseguiu em 2015 com sucesso!

O bom é que como ainda não terminei de escrever sobre a Argentina, já temos bastante post…mas como não quero cansar vocês, vou deixar pra todos os posts de segunda! :D

Então, se você leu sobre o primeiro dia no post anterior, já pode pular pra essa mesmo, mas se não leu, tá tudo bem, é tipo aqueles seriados que não precisam saber do anterior, heh

No segundo dia em BsAs queria levar o namorado pra conhecer a livraria mais linda ever, El Ateneo em Santa Fé. Agora pára pára pára!

Pesquisei pra caralho como vocês sabem pra ter uma viagem legal, apesar de não ter feito exatamente um roteiro seguido. Então, decidi que a gente tinha que ter um cartão SUBE que é tipo um bilhete único daqui de SP, pois metrô R$1,00 convertendo, néam migas.

Acontece que essa PORRA desse bilhete tá mega em falta, então a gente ficou dando voltas, perdendo metade da manhã procurando esse bilhete e não tinha em NENHUM-LUGAR. Depois de MUITO “tienes sube” – “no” decidimos pegar logo um taxi.

Quando estávamos chegando em Santa Fé, de novo dei uma de João Kleber porque eu vi esse prédio:

13652618_10154367967082556_531255937_n

Ceis acreditam que isso é um prédio de saneamento público? Ou era, sei lá, hoje virou o museu das Aguas Corrientes, mas pensando, qualquer prédio é lindo e é um prédio randomico hahhaha.

Depois dessa maravilha, só foi uma atrás da outra: El Ateneo na Santa Fé, a flor gigante, MALBA e Planetário… pra quem não leu a história sobre o planetário, fica aqui o link. Ah sim, sem esquecer, se você curte arte, graffiti, tatuagem, marijuana :P e creepy Pikachu, tem que ir na Galeria Bond Street na Santa Fé

Buenos Aires é muito bom pra andar, e nessa brincadeira foram 4 kilomêtros e depois mais uns 2 pra jantar, mais 2 voltando  pro planetário (a toa, foi totalmente falho, tava um frio do caralho e caí num buraco totalmente bêbada, haha) e mais 2 voltando pra casa. Morremos de cansaço? Sim, mas vale tanto a pena.

O jantar (além do vinho), foi um franguinho bem sem graça com purezinho. Uma coisa que percebi na Argentina é que alguns lugares não botam absolutamente nenhum tempero na carne, e eu como boa brasileira / chinesa, AMO um temperão. Então eu acabava tacando sal em tudo, pq sou dessas, haha. Mas o vinho estava como eu disse depois pro namorado: “otcheeemooowww”

Carai, eu preciso escrever logo esse diário pq já tá se dissipando da minha memória haha. Enfim, segunda que vem, estaremos tendo continuação! :D

bsas_02

 

13882645_759812059758_5715723917059835052_n

Share Button

1 2 3 5